Blog 2Share

O que você precisa saber para abrir uma franquia

o que é necessário para abrir uma franquia

Abrir uma franquia hoje é uma ótima forma de empreender. O mercado de franquias está em ascensão, e essa não é uma novidade para você que já tendências de franquias em 2021.

Agora, por onde começar quando se tem a pretensão de ser um franqueado? 

Vamos falar abaixo sobre pontos essenciais para você que deseja empreender no ramo de franquias. Minha sugestão é que você não comece sem antes ler essas dicas.

Faça comparativos

Quando se fala em empreender, o primeiro passo é pesquisar o mercado no qual você está interessado.

Leia bastante, veja os índices atuais, compare os modelos de negócio e compreenda se a franquia é o perfil ideal para você.

Jamais entre em um negócio sem convicção de que é o que você realmente quer – a frustração pode ser uma grande barreira para os seus negócios futuros.

Defina o orçamento disponível para abrir uma franquia

Após validar o modelo de negócios que você almeja ingressar, defina o seu orçamento disponível para este novo empreendimento. Abrir uma franquia também requer cuidados financeiros.

Não dê início às negociações sem antes saber quanto você dispõe em recursos para manter o negócio, e isso inclui o fluxo de caixa.

Conheça bem a marca escolhida

Depois de fazer muitas pesquisas e definir seu orçamento, é possível que você já tenha uma ou mais marcas em vista, e para tomar a decisão, este passo é importante.

Investigue a marca com a qual você quer se associar. É fato que algumas marcas estão constantemente envolvidas em polêmicas e escândalos, e com certeza você não quer fazer parte de algo assim.

Para evitar confusões futuras, saiba bastante sobre a marca antes de iniciar o processo de ser um franqueado.

Uma dica especial para este item é: conheça alguns outros franqueados da marca. Veja seus índices, seu sucesso, seus fracassos… Entenda como tem sido o processo para eles.

Se houver unidades que foram fechadas ou desligadas da marca, busque compreender o motivo. 

Atente-se à escolha da localização antes de abrir uma franquia

Algumas marcas são bastante restritas quanto à decisão da localização de suas franquias; outras já fazem a escolha junto com o franqueado, tornando o processo mais colaborativo.

Descubra antes de fechar uma negociação se você terá ou não liberdade para participar e veja se a modalidade aplicada pela franqueadora é de seu agrado e interesse.

Além disso, compreenda qual é o limite de atuação de sua franquia.

Busque informações sobre qual suporte é oferecido pela franqueadora 

Franqueadoras têm diferentes formas de trabalho: algumas acompanham mais de perto, enquanto outras deixam o franqueado mais livre. 

Saiba qual é o suporte que você, como franqueado, vai receber da marca franqueadora. Pergunte sobre suporte jurídico, contábil, de marketing, os treinamentos previstos, e outros.

Não deixe para ter surpresas quando precisar de alguma ajuda, pois a franqueadora pode estar em seu direito de não dar o suporte que você esperava, e isso pode não ser o adequado para o que você esperava antes do negócio ser iniciado.

Atente-se e faça perguntas.

Pergunte sobre regras e permissões da franqueadora

Dando continuidade ao assunto do tópico anterior, neste ponto eu lembro a você de suas responsabilidades e permissões como uma empresa franqueada. 

Toda marca tem suas regras a serem seguidas e as devidas punições a serem aplicadas caso o franqueado não as respeite. Lembre-se que algumas franqueadoras são mais flexíveis e outras são mais restritivas.

Você, como empreendedor franqueado, deverá conhecer bem as regras da franqueadora e respeitá-las, pois tudo isso é acordado na negociação.

Portanto, busque os manuais e outros materiais que a franqueadora disponibiliza para que você saiba como agir em cada situação do seu dia a dia dentro da empresa.

Não é confortável agir sem conhecimento e acabar tomando punições por algo equivocado. Esteja atento!

Compreenda o formato de remuneração

Saiba responder às perguntas: “Quais os percentuais oferecidos à franqueada?” e “Qual índice do franqueado é utilizado para aplicar a remuneração?”.

É muito importante que este fator seja esclarecido antes do comprometimento com a franquia.

Nos tópicos acima falamos sobre como é importante definir o orçamento disponível para iniciar a franquia.

Mas não é suficiente saber o quanto você tem para gastar; também é necessário fazer os cálculos que envolvem o retorno deste investimento realizado.

Quais são os custos fixos mensais envolvidos? Quais são os custos extras previstos? Qual é o faturamento estimado? Em quanto tempo é previsto o retorno de investimento?

Todas essas perguntas são importantes e fazem parte do estudo prévio para se abrir uma franquia.

Abrir uma franquia – Conclusão

Bom, esses foram alguns tópicos separados para você saber por onde começar. Mas é claro que você ainda pode tirar muitas dúvidas e compreender ainda mais a fundo as especificações da marca na qual você está interessado.

Esperamos colaborar para que você tenha uma franquia de sucesso

Aqui na 2Share existe o modelo de Consultor Digital. Não é um modelo de franquia: é um modelo mais simples, com menos burocracias e muito mais retorno financeiro. É um modelo que te dá liberdade e autonomia para empreender de qualquer lugar do Brasil.

Aproveitar uma marca já existente e criar o seu negócio é certamente uma excelente oportunidade para quem deseja iniciar sua carreira empreendedora com sucesso, criando novas oportunidades e empregos.

2Share Multipropriedades

A 2Share é uma máquina de vendas digital, que tem como objetivo levar o seu negócio a outro nível.

Uma empresa que atua com Planejamento Estratégico, Gestão de Tráfego, Captação e Qualificação de Leads, Assessoria de Marketing e muito mais para que as marcas parceiras tenham melhores desempenhos nas vendas.

Quer ter acesso a materiais gratuitos?

JUNTE-SE A MAIS DE 50.000 PESSOAS.

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

1 comentário