Blog 2Share

Países que estão aceitando brasileiros para viajar

imagem de pins em um mapa mostrando lugares para viajar

Nesse artigo, vamos mostrar quais países estão aceitando brasileiros para viajar!

Sabemos que desde o início da disseminação do coronavírus (Covid-19), países de todo o mundo têm adotado medidas de restrições para a circulação de pessoas.

Isso mudou também os planos de viagem de muitos brasileiros. 

Porém, com o avanço das vacinações e o controle do vírus, as imposições aos brasileiros estão sendo lentamente retiradas.

E por conta disso, estamos vendo a reabertura cuidadosa das fronteiras e retomando os voos internacionais. 

No entanto, as regras podem mudar todos os dias.

Vacinados ou não, a OMS (Organização Mundial da Saúde) afirma que viajar durante a pandemia é assumir um risco e, portanto, deve ser evitado.

Países que estão aceitando brasileiros na Europa

20 países na Europa já estão aceitando brasileiros, sem restrições,  através do teste de COVID ou quarentena, desde que estejam vacinados.

São eles:

  • Albânia,
  • Alemanha,
  • Armênia,
  • Belarus,
  • Bósnia,
  • Eslovênia,
  • Estônia,
  • Espanha,
  • Finlândia,
  • França,
  • Geórgia,
  • Liechtenstein,
  • Lituânia,
  • Macedônia do Norte,
  • Moldávia,
  • Mônaco,
  • República
  • Romênia
  • Suíça,
  • Tcheca,
  • Ucrânia.

Por outro lado, ainda há 22 países europeus que persistem com suas fronteiras fechadas para quem vem do Brasil.

Isso porque a intenção é de impedir a disseminação de variantes do vírus. Representando esses países, estão:

  • Andorra,
  • Bélgica,
  • Croácia,
  • Eslováquia,
  • Irlanda,
  • Islândia,
  • Letônia,
  • Portugal,
  • Sérvia,
  • Turquia.

É importante ressaltar que, em caso de emergências, existem exceções abertas. Um exemplo é realizar uma viagem de negócios ou um caso de parente europeu doente.

Para cada país, independente do estágio das restrições, são necessárias documentações específicas, por isso, é importante se atentar. 

Países que estão aceitando brasileiros na Ásia

A Ásia está sendo palco de muitas mortes devido a variante Delta da Covid-19. Portanto, muitos países estão ampliando suas medidas restritivas.

Muitos governos asiáticos proibiram explicitamente a entrada de brasileiros para turismo, são eles:

  • China,
  • Coreia do Sul,
  • Índia,
  • Indonésia,
  • Israel,
  • Japão,
  • Nepal,
  • Vietnã.

Existem, por outro lado, países mais flexíveis, que optaram apenas por exigir algumas restrições para quem vem do Brasil. Vamos mostrar alguns.

Emirados Árabes

Os brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que apresentem resultado negativo, em árabe ou inglês, para um teste RT-PCR aprovados no máximo 72 horas antes da chegada e comprovante de contratação de um seguro de saúde com cobertura para Covid-19.

Ao desembarcar em Dubai, também é necessário criar uma conta no aplicativo DXB Smart e realizar um novo teste na chegada.  

Maldivas

Os brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que apresentem alguns documentos.

É importante ter em mãos comprovante de reserva em hotel durante toda a estadia no país, formulário Traveller Health Declaration preenchido 24 horas antes do embarque e resultado negativo para um teste RT-PCR realizado no máximo 96 horas antes do primeiro embarque.

Viajantes vacinados (com Astrazeneca, Coronavac, Janssen, Pfizer e Sputnik) até duas semanas antes da viagem, não precisam apresentar teste RT-PCR.

Qatar

Os brasileiros estão autorizados a entrar no país desde que apresentem determinados documentos.

Antes de viajar, atente-se se você possui todos eles:

  • Comprovante de vacinação completa há pelo menos duas semanas antes do embarque (Pfizer, AstraZeneca, Janssen ou Moderna) e
  • Resultado negativo para dois testes RT-PCR: o primeiro realizado no máximo 72 horas antes do embarque e o segundo, na chegada ao Qatar. 

Países que estão aceitando brasileiros na Oceania

No continente, brasileiros estão impedidos de entrarem para turismo nos principais países, como por exemplo na Austrália, em Fiji e na Nova Zelândia.

Países que estão aceitando brasileiros nas Américas

Na região, parte dos países fechou a fronteira com o Brasil, como a Bolívia e o Uruguai

Já em outros países, as restrições foram impostas de maneira diferente.

No caso do Chile, por exemplo, é preciso fazer solicitação à embaixada.

O turista que receber a autorização precisará cumprir quarentena de dez dias em hotel de trânsito, ou em casa na hipótese de residente no país.

A Colômbia, entretanto, não tem mais vedações à entrada de turistas nem exige exame negativo.

Segundo o site de notícias G1, já para entrada nos Estados Unidos, é necessário apresentar resultado negativo para covid-19 feito 3 dias antes do embarque.  

No Canadá, está proibida a entrada de passageiros para fins opcionais ou discricionários, com apenas algumas exceções.

Como está a reabertura dos principais destinos no Brasil?

As restrições no território brasileiro estão variando de acordo com as regiões e as decisões de cada estado. 

No Nordeste

Alagoas

O estado está aberta para turismo. As praias estão reabertas para banhistas e o funcionamento das barracas de praia foi autorizado.

Os guarda-sóis alugados precisam estar a uma distância de 3 metros. Bares, restaurantes, feiras de artesanato e passeios voltaram a funcionar.

Bahia

Bahia iniciou a reabertura lenta de suas atividades. Resorts e hotéis foram liberados, bem como algumas de suas praias.

A expectativa é pelo verão de 2021, já que a Bahia passou de 300 mil casos confirmados da doença.

Sudeste

Minas Gerais

Aproveitou do período de isolamento para investir em melhorias nos pontos turísticos, se preparando desde então para a retomada do turismo.

As hospedagens estão trabalhando com 50% de sua capacidade.

Tiradentes, Ouro preto e Serra do Cipó reabriram para turistas, com ocupação máxima de 50% dos meios de hospedagem, restaurantes e bares.

Rio de Janeiro

Na capital, bares e restaurantes estão funcionando sem restrições, mas obviamente exigindo medidas de higiene e que evitem aglomerações.

As praias estão liberadas para esportes e banhos de mar. Pontos turísticos como o Cristo Redentor e Pão de Açúcar estão reabertos. 

São Paulo

Na capital, o comércio foi reaberto. Entretanto, as atrações turísticas seguem fechadas.

No Litoral Norte, as praias de Ubatuba e Ilhabela já estão reabertas para os turistas.

Sul

Paraná

Desde o início, o governo criou incentivos para o contribuinte viajar, o Paraná Pay.

Nele, será revertido parte do ISS (Imposto sobre Serviços), em dobro, para ser utilizado pelos compradores em atrações turísticas.

Foz do Iguaçu permitiu a reabertura de hotéis e algumas atrações, mas controlando os turistas através de testes para covid-19. 

Rio Grande Sul

Em Gramado e Canela, cidades turísticas, os hotéis, parques, museus e algumas atrações foram liberadas.

Porém, as hospedagens só podem operar com até 70% da sua ocupação.

Parques temáticos só podem funcionar com 50% da capacidade. Já parques, reservas naturais, jardins botânicos e zoológicos funcionam com 25% da capacidade.

Santa Catarina

O parque Beto Carreiro World foi liberado para turistas em junho, com a criação de uma fila virtual e um túnel de desinfecção. 

Centro- Oeste

  • Brasília: Shoppings, bares e restaurantes foram autorizados a reabrir.
  • Goiás: A Chapada dos Veadeiros foi reaberta, assim como o turismo de Caldas Novas foi retomado. 

Norte

  • Amazonas: Sua reabertura está ocorrendo em fases e autorizou o quarto ciclo de reabertura de atividades não essenciais.
  • Pará: Na capital Belém, restaurantes e comércio estão funcionando apenas na parte continental da cidade. Pontos turísticos como o Mercado Ver-o-Peso, a Estação das Docas, museus e o Mangal das Garças foram reabertos.

Conclusão

Após um período inédito de isolamento social, a pandemia do Covid-19 gerou um imenso desejo de viajar por todo o mundo.

Sabendo disso, as companhias aéreas, o mercado hoteleiro e as empresas de turismo têm se preparado durante todo esse tempo para o retorno das atividades.

Dessa forma, podem cooperar com as medidas de segurança estabelecidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS). 

Assim, com o avanço da vacinação no Brasil e em todo o planeta, muitas regiões já estão normalizando suas agendas turísticas.

As medidas de controle variam de acordo com cada país e estado. Por isso é importante para cada viajante pesquisar e estar atento sobre as exigências de cada lugar, preservando assim sua saúde, bem como a do próximo.

2Share Multipropriedades

A 2Share é uma máquina de vendas digital, que tem como objetivo levar o seu negócio a outro nível.

Uma empresa que atua com Planejamento Estratégico, Gestão de Tráfego, Captação e Qualificação de Leads, Assessoria de Marketing e muito mais para que as marcas parceiras tenham melhores desempenhos nas vendas.

Quer ter acesso a materiais gratuitos?

JUNTE-SE A MAIS DE 50.000 PESSOAS.

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

Deixar um comentário